Blog

Oito dicas valiosas para aproveitar ao máximo um treinamento

Você decidiu participar de um dos treinamentos da Upgrade Coach? Tenha a certeza de que vai valer muito a pena e que os ganhos serão imensuráveis tanto para sua vida profissional quanto para o âmbito pessoal. Agora, para você aproveitar ao máximo essa experiência, é super importante que venha preparado. Seguir as oito dicas abaixo contribuirão para que tenha uma imersão transformadora com o seu treinamento. Então, prepare-se para viver momentos enriquecedores e gratificantes e seja muito bem-vindo (a)! Durma bem Pesquisas mostram a importância de uma boa noite de sono para o processo de aprendizagem e desenvolvimento de novas competências. Então, se planeje para dormir cedo no dia anterior ao treinamento e entre os dias que decorrem o curso. Ao acordar, lembre-se de realizar exercícios de alongamento e de…

Saiba Mais...
Erick Barcelos em atuação durante um de seus workshops sobre a metodologia Inner Game

Melhore a comunicação com o Inner Game

O Inner Game é uma metodologia prática e simples. Visa orientar os caminhos para reconhecermos as vozes de nossa alma. Esta filosofia, criada há 45 anos pelo coach norte-americano Timothy Gallwey, surgiu a partir de sua experiência como professor de tênis. Ele observou os processos de aprendizagem e desenvolvimento dos praticantes amadores desse esporte. No decorrer das décadas seguintes, os ensinamentos da filosofia Inner Game foram incorporados em outros âmbitos para além do universo esportivo. Hoje, ela é uma importante ferramenta para o aperfeiçoamento de profissionais no mundo das organizações de trabalho. A metodologia Inner Game aprofunda seus estudos acerca da primeira comunicação. Aquela que determinará a origem de todas as outras, como a que permeia nossas relações interpessoais. Por meio do desenvolvimento de um equilíbrio no diálogo interno entre…

Saiba Mais...

A importância do papel do receptor na arte de comunicar

Como professor de oratória há 20 anos, tenho me atualizado constantemente no que concerne às ideias, conceitos e as naturais e inexoráveis mudanças ocorridas neste campo do conhecimento no decorrer dos anos. Ultimamente, tem se tornado um discurso comum entre os comunicadores a visão de que o emissor é o principal responsável pelo processo da comunicação. De acordo com esse recorrente ponto de vista, se o receptor interpreta erroneamente uma mensagem é em virtude de uma falta de habilidade, assertividade ou qualquer outra competência do emissor. Com relação a esta polêmica questão, prefiro me posicionar de uma maneira distinta. Penso que as construções discursivas se constituem através do fenômeno social de interação verbal e não verbal entre o eu e o outro. Tanto o emissor quanto o receptor são sujeitos…

Saiba Mais...

O self 1 (nosso eu impostor) na comunicação

O self 1 é o termo cunhado pelo autor americano Timothy Gallwey para explicar sobre o eu que domina a nossa mente, ao expressar avaliações de valor sobre tudo e todos. O self 1 é formado por todas as nossas experiências sociais, isto é, por tudo que vimos, ouvimos e experimentamos na escola, no trabalho, na família, na igreja, entre outras instituições presentes em nossas vidas. Como esse meio é altamente influenciado pelos preconceitos de outros selves 1, o  resultado é a formação de crenças, paradigmas e pontos de vista pessoais equivocados acerca dos conceitos vitais. O problema é que, pela perspectiva do self 1, existem os preconceitos que dão origem aos nossos pré-julgamentos sobre os outros indivíduos. Este desdobramento acarreta em um prejuízo da comunicação, isto porque, a partir…

Saiba Mais...